5 de agosto de 2015

DIA DO PADRE É CELEBRADO COM MISSA DOMINICAL EM NOSSA PARÓQUIA
Paroquia em Ação5.8.15 0 comentários

O domingo dia 2 de agosto, foi comemorado o dia do Padre, pois a Igreja celebra no primeiro domingo de agosto essa data tão sublime.
Aproveitamos para parabenizar o nosso Pároco Padre Sandoval Matias e todos os Padres para que Deus sempre os fortaleça e confirme as vossas vocações!

ARTRIGO DOMINICAL - JESUS SACIA A FOME E A SEDE
Parece que a multidão não entendeu muito bem o gesto da multiplicação ou da partilha realizado por Jesus: foi visto apenas como saciedade da fome biológica. Por isso, o evangelho introduz o discurso de Jesus sobre o pão da vida, pronunciado na sinagoga de Cafarnaum: “Trabalhem pelo alimento que dura para a vida eterna, alimento que o Filho do homem dará a vocês”. A multiplicação deve ser vista como sinal: o acesso ao pão de cada dia conduzindo ao compromisso com Jesus e seu projeto.

Cada um procura Jesus por um motivo ou outro. Mas devemos evitar procurá-lo apenas quando temos alguma dificuldade pessoal, para satisfazer apenas “a minha” necessidade, para resolver “o meu” problema.
Sabemos que o pão material é importante para a sobrevivência e uma necessidade básica do ser humano. Mas a pessoa carece de algo mais, de outro alimento: aquele que Jesus nos oferece, que sacia a fome de vida. Não se pode investir apenas no transitório, no perecível, no que não cria raízes nem consistência e, por isso, deixa a pessoa fragilizada e prostrada diante de qualquer adversidade. É preciso investir no essencial, naquilo que humaniza, torna a pessoa firme no seguimento de Jesus e solidária com os outros em suas necessidades.
Entrar na barca significa seguimento e convivência com os outros que estão nela. Entrar na barca com Jesus não significa apenas participar de algumas celebrações semanais ou rezar o terço de vez em quando. Entrar na barca é trilhar os passos de Jesus e com Jesus; é alimentar-nos do alimento da vida eterna que ele nos oferece. Alimento que sacia definitivamente nossa fome de justiça, paz, esperança, solidariedade e fraternidade.
Jesus é o pão da vida eterna, o alimento que não perece, que nos comunica Deus, nos abre ao seu amor e nos leva a amar os irmãos e as irmãs. A fé é a porta de entrada nesse dinamismo.
Pe. Nilo Luza, ssp
Categoria:
Sobre o autor Aqui você adiciona uma descrição do autor da pastagem. Para Trocar a foto do postador do blog procure o link da foto no HTML e adicione uma sua ok. Facebook ou Twitter

0 comentários