Seja bem-vindo. Hoje é
________________________________________________________

EQUADOR, 49 ANOS DE HISTÓRIA E FÉ.

Equador é o município mais meridional do estado brasileiro do Rio Grande do Norte, localizado na região do Seridó.
De acordo com o censo realizado pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) no ano 2007, sua população é de 5.875 habitantes. Área territorial de 312 km².
A sua economia está voltada à extração de minérios, sendo o principal produto de extração o caulim, minério composto de silicatos hidratados de alumínio
O atual município de Equador-RN, nasceu em consequência de uma promessa, feita pelo senhor Simão Gomes da Silva em 1856, quando uma epidemia do cólera estava dizimando os habitantes da região.
Temendo uma catástrofe, fez um voto a São sebastião que se ele o livrasse e seus familiares da doença, doaria um terreno, edificaria uma capela e colocaria uma imagem do referido santo.
A terrível peste não foi contraída por Simão e nem por seus familiares e ele cumpriu a promessa. Doou 220 metros quadrados de terra, construiu a capela e colocou a imagem de São Sebastião.
Então, começara a surgir construções de residências nas imediações da capela, nascendo assim em 1856 o povoado de São Sebastião, sendo este seu primeiro nome.
A primeira missa foi celebrada no mesmo ano em que foi fundado o povoado, 1856.
A primeira feira livre aconteceu em 1870 debaixo de uma baraúna. Simão Gomes faleceu em 1886.
Em outubro de 1938, o povoado de Equador passou a ser distrito de Parelhas e em 1º de janeiro de 1939, passou a vila, tendo como sub-prefeito o Senhor Jacob Alves de Azevedo.
Em 11 de maio de 1962, Equador passou a cidade, através da lei nº 2,799 de 11 de maio de 1962.
A cidade foi instalada como município a 17 de março de 1963 e o primeiro prefeito foi o senhor José da Costa Cirne Filho, que administrou durante 10 meses como prefeito interino.
Relevo
O relevo do município é montanhoso com altitudes entre 750 m e até 800 m, com destaque para Serra das Queimadas segunda maior serra em altitude do RN.
Hidrografia
Os riachos e rios do município são todos temporários e correm do sul para o norte. Os principais cursos de água do município são: riacho Malhada Grande, riacho dos Quintos, riacho Equador (rio de Maria Pê), riacho do Cajueiro e Riacho Verde. O maior açude do município é o açude público de Mamões que abastece a cidade e foi construindo em 1984.
Economia
Há neste município algumas indústrias de beneficiamento de caulim como a CAULINIA, Caulim Seridó, Caulim Potiguar e CAULISE dentre outras. As quais geram empregos diretos e indiretos informais como garimpeiros e lenhadores.
Cultura
A Secretaria de Educação, Cultura e Desportos é o órgão da prefeitura responsável pela educação e pela área cultural e esportiva do município. É ela que organiza atividades e projetos culturais, além do setor turístico da cidade.
Turismo e eventos
Equador conta com alguns pontos turísticos, sendo os mais importantes a Capela de São Sebastião - construída em homenagem a São Sebastião, num terreno doado por Simão Gomes da Silva -, O Pinga, o Açude dos Mamões - que abastece a população equatoriana - e a Escavação de Minas Antigas.
No ramo dos eventos, o de maior destaque é a festa do Padroeiro São Sebastião realizada no final de novembro e início de dezembro.

1 comentários:

Parabéns a Equador e à Paróquia que tanto contribui para o crescimento desta nossa querida cidade!

Pe. Valquimar
17 de março de 2012 16:33 comment-delete